quarta-feira, outubro 18, 2006

Carência afetiva!

A carência afetiva é um mal que atinge todas as faixas etárias, culturas e classes sociais.
É pior que a gripe, que vem e vai embora, ou uma doença que mata de vez.
É um mal que consome as pessoas devagarzinho.
A indiferença da sociedade atual face aos problemasdo mundo, faz com que as pessoas sintam-se sozinhas e carentes.
Preferimos fechar os olhos ao que se passa ao nosso redor (e mesmo fora dele!) do que enfrentar a realidade da vida dos outros, dos seus problemas.
Há cada vez mais pessoas solitárias enquanto a população cresce.

As pessoas têm sede de amor.
O problema é que raramente querem ser fonte.
E nessa engrenagem há muita gente infeliz.
Então corre-se de um lado para o outro, alguns tentam achar compensação a nível profissional, outros em religiões, crenças e seitas.

A internet também faz parte desse mundo.
Fecha-se aqui, procura-se amores, amizades e certezas de que alguma coisa ainda existe capaz de compensar a falta de afeto.
E enganam-se.
Engana-se os outros e a si mesmo.
Quando Jesus andou na terra, tenho certeza que não precisava de nada.
Ele era auto-suficiente.

Apesar disso, viveu tudo:
Ele andou, trabalhou, se entristeceu, chorou, sentiu fome, angústia, dor, morreu e ressurgiu.
E vivendo tudo isso, amou.
Amou até o fim, até pedir perdão para os que o crucificaram.
E tudo o que Ele viveu, foi para nos mostrar o exemplo.
De nada serviria se Ele tivesse pregado e não vivido as próprias palavras.
Como nós.

Mais que falar, precisamos viver.

O dia que as pessoas compreenderem que a solução está dentro delas mesmas, então o mundo terá uma chance de sair desse caos.

Se você quer ser amado, ame!
Quer receber um sorriso? Sorria!
Quer receber e-mails? Mande!
Quer carinho? Dê ternura até não agüentar mais.

Quer atenção? Seja atencioso!

Talvez não funcione imediatamente.
É um remédio que precisa de um tempo para começar a fazer efeito.
Mas, quando você estiver curado interiormente, vai ser outra pessoa, de maneira tal que será impossível não receber de volta a felicidade que espalhou.

Temos a mania de querer comprar tudo.
Mas muitas coisas da vida precisamos plantar, cuidar e colher com nossas próprias mãos.

Nem tudo se vende e se compra e afeto faz parte dessas raras coisas.
Não amamos a Deus por que Ele nos amou primeiro?
Então, vivamos de maneira que possamos ser os primeiros a dar afeto, amor, atenção.

Sejamos os antídotos do ódio e da indiferença.
Tudo o que virá após, será compensação.
Estaremos contribuindo assim para uma sociedade mais humana, mais justa e mais equilibrada.

21 Comments:

Blogger Thiago Forrest Gump said...

Perfeita!

Muitas pessoas deviam tomar isso duas vezes ao dia!

Uma mensagem que se guarda, sem dúvida!

outubro 19, 2006  
Anonymous herculanodacosta said...

concursinho da treta
resultados do concurso

Como ontem tive visitas cá em casa, não consegui tratar deste assunto tão "importante" que é o meu concursinho da treta, iniciado no dia 08 de Outubro pp, e com duração de uma semana.

Espero que os meus visitantes "blogosféricos" me relevem a falha.

Hoje, portanto, vamos lá pôr as coisas em pratos limpos. É assim:

Concorreram ao concurso 15 visitantes, incluindo os que falaram bem e os que falaram mal, estes últimos em declarada contradição com as "regras" que eu defini. Todavia, como eu próprio sou um gajo que toda a vida lutei contra regras, acabei por considerá-los também. Quer dizer: foi tudo para o mesmo saquinho e todos foram considerados.

Uma vez que eu avisei que só iria contemplar 10 nomes (mais um à minha escolha), os resultados obtidos são os seguintes:



1) Amorica

2) Playing The Angel

3) Mulher Rochedo

4) Andreia do Flautim

5) Pequenita

6) Afrodite

7) Lindinha

8) O Vizinho

9) Fresquinha

10) Peras



O blog que eu arbitrariamente escolhi foi o "Grãozinhos de Areia", da Lara.

E pronto! Parabéns aos vencedores e bem-haja por participarem nesta minha brincadeira.



* importante: todos os premiados podem escolher entre uma fita porta-chaves e um fio/fecho para o telemóvel, devendo referir claramente a sua decisão.

* quem mora em Viseu poderá receber o prémio onde desejar, em casa, num café, etc... Quem é de fora desta cidade, deverá indicar, através de e-mail (herculanodacosta@gmail.com) a direcção para onde deseja que o prémio conquistado seja remetido. Conforme prometi, suportarei os custos de envio.

Sou um gajo de palavra... eh eh eh



Escrito por herc em 20:48 em concurso |Link | Comentário (8)

outubro 19, 2006  
Anonymous sa morais said...

Amigo Zeca:
Parei aqui para te deixar um abraço!

outubro 19, 2006  
Blogger Eu said...

então, toma lá um abraço q deixo Eu

outubro 19, 2006  
Blogger Cruzeiro said...

Que dizer sobre este texto...concordo plenamente...
Beijinho para ti, com um sorriso. :-)

outubro 19, 2006  
Blogger A Cor do Mar said...

Ola Zeca, bem escrito bem explicdo, e bem verdadeiro...
De mim, recebe um abraco e beijinho;*

outubro 19, 2006  
Blogger marcox said...

é bem!

outubro 20, 2006  
Blogger Andreia do Flautim said...

Pois, e essa carencia pode levar-nos a acreditar em passoas que se aproveitam disso para usar as pessoas...

outubro 20, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Apenas para lêr um pouco e deixar um abraço.
R.

outubro 20, 2006  
Blogger Poemas e Cotidiano said...

Zeca: Obrigada pela visita ao meu Blog. Gostei do seu!
Interessantissimo o que voce escreveu, uma coisa que pensamos tanto, e que somos envolvidos por ela diariamente, e devido a essa carencia, as vezes fazemos coisas tao impensadas!
Qto a entrevista (risos) ainda nao tive noticias, mas estou com esperancas...
Abracos
MARY

outubro 20, 2006  
Blogger A Cor do Mar said...

Oi Zeca, nao sei se sabes, mas tens "a coisa" direcionada para o Plagiad II .. sabias?
Beijoca e bom f semana****

outubro 21, 2006  
Blogger Afrodite said...

Bem dito e bem escrito.
Apenas uma discordância: Ele era auto-suficiente. Não era... e, daí... ele precisou de Judas para que fosse cumprido o que pretendia.

Gostei muito do teu blog

outubro 21, 2006  
Blogger Hanah said...

"É só o amor, que conhece o que é verdade, não sente inveja ou se invaidece...."
Corintios


"A primeira obrigação do amor é escutar."
Paul Tillich

beijo Zeca

outubro 22, 2006  
Blogger Hanah said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

outubro 22, 2006  
Blogger Hindy said...

Agora voltei de vez! ;o)
Um beijinho "hindyado"!

outubro 23, 2006  
Blogger A Cor do Mar said...

Ola Zeca... amanha chove outravez, hoje ate pareceu primavera :)
Beijocas*

outubro 24, 2006  
Blogger Utzi said...

"As pessoas têm sede de amor.
O problema é que raramente querem ser fonte."... aqui disseste tudo. O egoísmo destrói qualquer amor, é a única força capaz de o fazer. Gostei muito deste post.

Beijinhos das nuvens :)

outubro 24, 2006  
Blogger mfc said...

A solidão acompanhada é dolorosíssima, mas o que destrói por completo alguém é ser-se ignorado.

outubro 24, 2006  
Blogger AnaGarrett said...

Já andei por aqui mas não me lembro se comentei algo ou não.

Gosto das tuas ideias e dou-te toda a razão neste post.
Beijinho

outubro 24, 2006  
Anonymous Anónimo said...

Sem tempo até para correr contra o tempo...
Passei a correr mas não podia sair sem deixar votos de uma boa semana.
Beijos

outubro 24, 2006  
Blogger Meia Lua said...

E eu concordo tanto com este texto... Muito sensível e é realmente esta a solidão que acompanha a maioria das pessoas ou vice-versa...
:)

outubro 24, 2006  

Enviar um comentário

<< Home